Iluminação a favor dos ambientes

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

Especialista dá dicas para uso de pendentes em diferentes tamanhos e formatos,  que  deixam os cômodos mais descontraídos 

Uma coisa é certa: a iluminação dá o toque especial nos ambientes. Mas é preciso saber onde colocar e qual tipo a ser escolhido. De modo a ajudar neste quesito,  a especialista de design e tendência da Yamamura, Gabriela Yokota, dá dicas de modelos e os melhores espaços para serem implementados estes elementos de decoração.

Um dos ambientes em que essas peças são mais utilizadas são as salas de jantar. “Além de trazer sofisticação, o pendente é um dos grandes protagonistas do espaço. Por se tratar de um local de socialização, as luzes aconchegantes são as melhores opções, assim, opte por luminárias de temperaturas de cor branco quente (2.700 K a 3.000 K). Quanto ao modelo, o ideal é escolher o estilo que mais combina com os moradores! É possível tanto fazer um mix de pendentes menores, ou eleger uma peça única maior para dar destaque”, explica a especialista. Já na sala principal ou TV tem de ser instalado acima da altura do olhar, senão atrapalha a visão.

Nas cozinhas americanas essas luminárias também são muito bem-vindas, em razão de possuírem modelos com tamanhos mais enxutos, e de sua praticidade para o dia a dia. Normalmente, os pendentes são colocados acima da bancada de refeições e proporcionam uma atmosfera descontraída e o mesmo vale no caso das varandas gourmets.

“Já no caso de cozinhas comuns ou lavanderias, apesar de não ser tão frequente encontrá-los, também podem ter um cantinho garantido com a inclusão de um modelo mais neutro para dar apoio à luz principal (geralmente de um plafon), para isso aposte em luzes de cor branco frio (igual ou acima de 5.000 K) ou branco neutro (4.000 K) para contribuir na atenção geral”, ressalta Gabriela.

Nos banheiros e lavabos, pequenos   pendentes podem ser instalados nas bancadas para trazer mais personalidade para o ambiente. “Para a área dos espelhos ou da pia, aposte no branco quente (2.700 K a 3.000 K) ou na cor branco neutro (4.000 K).”

E, nos quartos, locais essenciais para primar pelo aconchego e conforto, a dica da designer é apostar em pendentes em cima dos criados-mudos, que facilitam, principalmente, a leitura. “Ou então, para quem prefere luzes gerais, aposte em modelos de iluminação indireta no centro do cômodo, para garantir tranquilidade e uma boa noite de sono.” A temperatura de cor sugerida é a cor branco quente (2.700 K a 3.000 K).

 

 



Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2021. Todos os direitos reservados