Asas da Imaginação

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

Autor se inspira em seus filhos,  que moravam em abrigo de menores, para escrever história de pequena astronauta

Criança é sinônimo de imaginação. Quem tem a oportunidade de conviver com uma sabe que não existem limites para os sonhos, brincadeiras, reflexões e ‘projetos’. E foi baseado em seus três filhos adotivos, que por certo tempo moraram em abrigo para menores, que o jornalista, apresentador do Disney Channel e escritor Vinicius Campos criou a Rita, uma pequena que sonhava em ser astronauta. 

“Quando eles começaram a vir dormir em casa tinham zero relação com livros, então comecei a ler para eles. Depois comecei a escrever para eles, com personagens que me falavam do abrigo e então veio a Rita, que inicialmente era um menino. É que ela surgiu de uma conversa comigo com Pablo (uma das três crianças, hoje já mais crescidas), que disse que queria ser astronauta”, lembra. 

Mudou, então, o gênero da personagem e nasceu assim o livro Rita e o Manual Para Ser Astronauta (Editora Melhoramentos), que acaba de ser lançado. O livro, que chama atenção das crianças principalmente por ser baseado em uma história real – tomo a liberdade, aqui, de falar por experiência própria – mescla as agruras que passam as crianças que vivem em abrigos e como a imaginação pode ajudá-las a sonharem com nova realidade. Também fala de diversidade, amizade e gênero (ou a ausência dele). Isso porque o amigo de Rita, TiDx10, vem de um planeta chamado Círculox212, onde não existem homem e mulher. São todos iguais.

“Infância livre é que a criança entende que a Rita sendo menina pode ser astronauta, até presidente se ela quiser. O menino pode ser pai, dono de casa, cozinheiro e está tudo certo. Quando ensinarmos que o que vão fazer na vida só tem a ver com o desejo delas, para que possam crescer seguras e explorar seus potenciais ao máximo”, diz Campos. O livro é um passaporte, ou melhor, uma ‘astronave’ movida pelo sonho infantil.

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2020. Todos os direitos reservados