Casa pronta para o fim de ano

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vinícius Castelli

Com Natal e Ano-Novo chegando, especialistas orientam na arrumação da sala, mesa e até das luzes natalinas

Fim de ano está aí. E junto com ele chegam duas datas muito esperadas: Natal e Ano-Novo. São tempos de confraternizar, juntar a família, de receber os amigos, comer e encher os lares de alegria. E para receber os convidados, a casa ganha carinho especial nesta época. Alguns montam árvore de Natal, outros se preocupam com a louça da mesa. Há quem enfeite a fachada da residência com luzes coloridas. Não importa como. O que vale é deixar o ambiente alegre e aconchegante.

E para ajudar na arrumação, diversas arquitetas dão várias dicas. Segundo Andreia Hernandes, a sala é um dos principais ambientes quando se fala sobre confraternização no Natal. Ela diz que, além da árvore natalina,  não podem faltar a guirlanda da porta e o presépio, ainda que seja com poucas peças. Companheira de profissão de Andreia, Pilar Hernandez frisa que, caso não tenha árvore de Natal, hoje em dia é comum que as pessoas decorem as plantas que já têm em casa. 

Pilar explica que pensar nas louças também é boa opção nesses eventos. “Um truque que muita gente usa é colocar uma taça virada para baixo e uma vela em cima, dessa forma, ela se torna um candelabro. E mesmo que não se tenha o conjunto completo de louças, os pratos com as cores do Natal podem ser usados como elementos decorativos também”, afirma. Andreia diz vale pensar na toalha. E caso não tenha uma comprada especialmente para o Natal, pode-se optar por uma lisa na cor vermelha ou verde.

Luz do ambiente também é algo que deve ser pensado nessas ocasiões. Segundo a arquiteta Fabiola de Souza, além do tradicional pisca-pisca nas fachadas, ele pode servir como foco em itens dentro de casa, iluminando muito mais do que árvore de Natal. “As luzes podem ser usadas em luminárias personalizadas dentro de garrafas ou em galhos secos, por exemplo”, diz.

Além de luzes diferentes e da árvore de Natal, a especialista Kelly Mussaqui diz que é possível inovar a sala trocando um móvel ou outro de lugar. “O local precisa estar livre para circulação dos convidados”, ressalta. 

Para a chegada do Ano-Novo, a dica de Claudia Giancoli é usar e abusar da criatividade, já que não há tanta formalidade e protocolos como acontece no Natal. “Então, se a festa acontecer em um espaço externo espalhe balões nas cores dourada e prata, use balões em formato de número para celebrar a chegada do novo ano.”

 



Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2020. Todos os direitos reservados