EDITORIAL

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

EDITORIAL


QUE SIRVA DE EXEMPLO
 
Pixabay

 
Assim como Gonzaguinha, também fico com a pureza da resposta das crianças. Na matéria Especial, feita pelo repórter Vinícius Castelli, quatro delas, que têm entre 9 e 13 anos, mostram que a consciência política não tem idade para aflorar. “Quando você nasce, você já é um ser político. É muito mais do que apertar o botão na urna. É uma forma social de viver em conjunto com outras pessoas”, diz a estudante Ana Beatriz de Melo Bonifácio, 10 anos, de Diadema. Ela, que aprendeu na família a importância deste entendimento – ainda que muitos dos coleguinhas não partilhem da mesma preocupação –, mostra que basta o incentivo e interesse dos pais para formar cidadãos que se preocupam com os outros no futuro. Um baita exemplo para alguns adultos, que querem debater sem ao menos se aprofundar sobre o assunto.
Também com este tema, temos um Papo-Cabeça com a diretora do documentário Democracia em Vertigem, Petra Costa, que acaba de entrar em cartaz na Netflix. Ele é necessário não só para que se entenda o momento político que vivemos, como também para ver a importância da arte como forma de informar as pessoas. Não à toa ele foi eleito pelo jornal The New York Times como um dos melhores filmes do ano. 
Na capa trazemos o ator Caio Castro, que dedicou um terço da sua vida – ele acaba de completar 30 anos – para o ofício o qual escolheu e que desempenha tão bem. Atualmente ele faz o lutador de boxe Rock, cujo nome é uma homenagem ao boxeador mais famoso do cinema: Rocky Balboa. O ator também se dedica à viagens, que renderam até um livro, e aos negócios. 
Confira também dicas para escolher o piso ideal para sua casa e sugestões para o uso de bolsas e golas nos dias mais frios. Boa leitura!
Miriam Gimenes

 

 



Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados