Em testamento, Beatriz Segall deixa parte da herança para motorista

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Estadão

Beatriz Segall, que deu vida à grande vilã Odete Roitman na novela Vale Tudo em 1988, morreu em setembro de 2018, mas só agora detalhes de seu testamento foram divulgados. Segundo a colunista Christina Padiglione, do jornal Agora S. Paulo, a atriz não lembrou apenas de seus familiares, já que também deixou um carro zero quilômetro para o seu motorista, Adilson Ricardo Leite, com quem trabalhou por 15 anos.

A publicação afirma que, devido ao longo tempo de trabalho, Adilson acabou se tornando uma pessoa muito querida para Beatriz. O testamento também prevê para Adilson uma quantia significativa em dinheiro, a ser estipulada pelos três filhos da atriz.

Além disso, o documento também cita outros dois amigos de Beatriz, Andres dos Santos Junior e José Paulo Ficks, fora os filhos Sergio de Toledo Segall, Mario Lasar Segall e Paulo de Toledo Segall como herdeiros.

Beatriz tinha 92 anos de idade quando morreu.

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados