Toda vida vale a pena

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

Quem respeita os animais, as plantas ou qualquer tipo de vida, posso afirmar, é gente do bem. Meu radar para gente ruim apita quando a situação é inversa. Tenho ranço, me afasto. Jamais seria amiga de quem abandona, maltrata ou, simplesmente, não tem compaixão com cenas como as que aconteceram nas últimas semanas no Brasil. Quando se trata de amor ao próximo, as crianças geralmente dão exemplo para muito adulto. É engraçado como vamos perdendo essa sensibilidade com o tempo. Não pode.

Esta coluna, todas as minhas palmas e minha completa admiração vão para pessoas como João Gabriel Garcia, 10 anos, que fez de tudo para alimentar e garantir a segurança de um filhote abandonado em Caldas Novas, região Sul de Goiás. No vídeo, que está no YouTube e foi gravado em outubro, é possível ver o menino tirando o cachorro da mochila e o colocando em um comedouro ao lado de uma farmácia. Assim, o pequeno teria, ao menos, uma chance de sobreviver. Por causa da cena, o filhote foi adotado no dia seguinte. João ficou muito feliz. Missão mais do que cumprida.

Outro garoto, Victor Carvalho, de apenas 9 anos, não pensou duas vezes em arriscar sua própria vida para resgatar um vira-lata de rua que foi arrastado pelo correnteza após enchente que atingiu a região de Osasco, São Paulo, há quase um mês. Ele viu a situação e deixou o coração agir. Era algo inadmissível na cabecinha dele simplesmente deixar o cachorro morrer. Os dois, graças a Deus, passam muito bem. Sabe o que o garoto quer ser quando crescer? Bombeiro!

Pois muitos desses meninos que estudaram, treinaram e se dedicaram se transformaram realmente em bombeiros e são constantemente chamados para salvar animaizinhos. Em meio ao mar de lama após o rompimento de barragem em Brumadinho, Minas Gerais, no fim do mês, vários enxergaram também a dor de cachorros, gatos, cavalos, vacas, bois, porcos, pássaros. As cenas são impressionantes. 

Além dos profissionais do Corpo de Bombeiros e da polícia, também foram ao local grupos de proteção aos animais. São vários deles unidos para que os bichinhos não paguem pelos erros dos seres humanos. Os voluntários também merecem todos os aplausos do mundo. E não se esqueça: você também pode ser um herói. Escolha sempre a vida! 

 

 



Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados