'Virei outro ser humano', diz Bruno Gagliasso sobre ser pai

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Estadão

Bruno Gagliasso falou sobre como a paternidade mudou a vida dele em um vídeo especial de Dia dos Pais do canal de Giovanna Ewbank no YouTube. Ele respondeu a perguntas dos internautas e disse que quer mais filhos.

Ao fazer uma comparação entre antes e depois de ser pai de Titi, Gagliasso afirma que tudo mudou. "Meu comprometimento com os outros, com a vida mudou, você passa, de fato, a querer ser exemplo. Hoje, eu quero ser exemplo como pai para minha filha. Você passa a ser menos egoísta, doar mais tempo. Eu virei outro ser humano", disse. Para resumir a mudança, ele é enfático: "o que muda é o amor".

Giovanna comentou que ele sempre quis ter cinco filhos e perguntou se ele quer mais meninas ou meninos. "Agora eu quero quatro filhos. Preciso de um menino agora. Minha vida está cercada de mulher. Minha prima acha que manda em mim, minha mãe, minha mulher, minha sogra", disse.

O ator também respondeu a perguntas enviadas pelos internautas. Uma delas era sobre o que ele faria se Titi, com 15 anos, chegasse em casa com um amigo por quem ela é apaixonada, avisando que ele dormiria lá.

"Não sei como será minha relação com ela com 15 anos. Talvez eu tenha uma relação em que a gente converse de tudo, que ela seja muito minha amiga, talvez eu já conheça esse amigo", afirma. "Se é um cara que eu não conheço, não é assim também. Primeiro que ela não vai me informar, ela vai me pedir ou falar comigo", continua. Sobre os segredos para agradar ele como sogro, Bruno pensa apenas na filha. "Basta fazer minha filha feliz, dar amor", responde.

Sobre a educação que ele e a esposa dão para a menina, o ator diz que gosta de educar, mas é mais tranquilo do que a mulher, que se mostra mais "dura". Porém, ele também admite que gosta de fazer bagunça com a filha e, às vezes perturbá-la só para ouvi-la dizer "para, papai".

Giovanna perguntou o que ele gostaria de dizer atualmente para a Titi, mas que ela só entenderá no futuro. O ator recorre a uma frase clássica ouvida, talvez, por todas as pessoas. "você vai entender isso quando você for pai ou mãe", diz.

Para encerrar, Bruno se definiu com pai em uma frase e uma palavra. "Viver e não ter a vergonha de ser feliz/Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz", citando a famosa canção de Gonzaguinha. "Cada dia que eu passo ao lado da minha filha, eu aprendo mais sobre a vida e sobre o amor. E a palavra é amor", concluiu.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados