Lana Del Rey apresenta ‘Lust For Life’

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vinícius Castelli

 Lana Del Rey caminha no universo pop. Mas é um pop um tanto diferente. Não tem as cores todas usadas por Katy Perry – até seu penúltimo trabalho –, tampouco as danças sensuais de Britney Spears. A cantora de Nova York apresenta cancioneiro popular, sim, mas introspectivo, mais sério. E assim tem conquistado público, respeito e espaço, claro.

E não é diferente agora, com seu 5º trabalho, Lust For Life (Universal Music, R$ 27,90, em média), que coloca fim ao hiato de dois anos sem disco de estúdio. Chega às prateleiras ilustrado por 16 composições. Destacam-se as músicas fortes, singles do disco, como Love e a que dá nome ao projeto (conta com a participação do cantor canadense The Weekend).

Fato é que em Lust For Life Lana Del Rey é intensa. Aposta em faixas fortes, como 13 Beaches, em que faz reflexão da vida. Livre de regras, apesar de seguir uma mesma receita na obra, Lana se sente tranquila para convidar rappers como Playboi Carti e A$AP Rocky em Summer Bummer e Groupie Love. Receita aprovada. Outra voz que marca presença é a cantora veterana Stevie Nicks, conhecida por seu trabalho junto ao Fleetwood Mack. Sean Lennon, por sua vez, está na belíssima Tomorrow Never Came.

Lust For Life é forte e apresenta sonoridades intensas. Contrabaixo de pau, piano, violão, teclado, tudo com climas soturnos. Mas ela não vê problema em, no mesmo projeto, ter bateria eletrônica. E funciona. Há quem possa dizer, antes de ouvir o disco, que Lana DelRey continua na mesma. Mas seu amadurecimento é ineg</CW>ável.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados