Flip começa hoje e homenageia Barreto

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

 O escritor carioca Lima Barreto (1881-1922), descendente de escravos, compôs em sua breve vida uma obra de temática social – que dava foco aos pobres, boêmios e arruinados – e criticava de maneira bem-humorada a corrupção tanto da sociedade quanto da classe política. E seu legado será discutido e homenageado a partir de hoje na 15ª Flip (Festa Literária Internacional de Paraty). Com curadoria de Josélia Aguiar, o evento segue até o dia 30.

Segundo a curadora diz no site do evento, por muito tempo Lima Barreto ficou na ‘aba’ de literatura social, e sua obra e trajetória possibilitaram muitos debates sobre a sociedade brasileira. “O que eu gostaria, mesmo, é que a Flip contribuísse para revelar o grande autor que ele é. Para além das questões importantíssimas sobre o País que ajuda a levantar, tem uma expressão literária inventiva e interessante, à frente de sua época em termos formais, capaz de inspirar toda uma linhagem da literatura em língua portuguesa.”

Ele será, portanto, reverenciado a partir da mesa de abertura, que terá início às 19h15 no Auditório da Matriz (a programação este ano acontecerá dentro da Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios). Nela, Lázaro Ramos, que também lança durante o evento o livro Na Minha Pele (Companhia das Letras), fará leitura de trechos de Barreto. Ele estará acompanhado de Felipe Hirsch e de Lilia Schwarcz, que escreveu a biografia que dá nome à mesa Lima Barreto: Triste Visionário (Companhia das Letras). O evento será seguido pelo show Suíte Policarpo feito pelo pianista André Mehmari no Auditório da Praça, às 21h30.

Pela primeira vez a Flip terá um número superior de participantes mulheres ao de homens. Dos 46 autores, 24 são mulheres, em 22 mesas. Além dessa mudança, os organizadores pensaram em abrir mais espaço para a representatividade negra, e nesta edição o programa terá 30% de autores negros. A programação completa do evento pode ser vista no site www.flip.org.br.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados