Homenagem à força da mulher

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

 A luta das mulheres por igualdade em todas as vertentes da sociedade tem ganhado cada vez mais espaço e adeptos, que vão muito além das próprias mulheres. Pessoas engajadas nesta luta a todo instante buscam maneiras de dar voz àquelas que precisam ser ouvidas.

Foi o que fez o autor Wallace Borges no texto do espetáculo Dandara, que estreia hoje, às 11h, no Espaço Verde Chico Mendes, em São Caetano. A entrada é gratuita. “É um texto diferente. Muita gente chegou a perguntar se retrata um pouco da história da Dandara dos Palmares, mas não. Escolhi o nome porque queria fazer uma homenagem à força da mulher”, explica o autor.

A peça é ambientada em uma cidadezinha do Nordeste. Protagonista da história, aos 29 anos, Dandara é uma mulher forte, trabalhadora e independente, filha do delegado Valduir. O pai quer muito que ela se case e sonha com netos. Ansioso, entrega a mão da filha para Sebastião, um cangaceiro, pensando no dote do rapaz. Mal sabe ele que o pretendente não tem onde cair morto.

Sabendo da intenção do delegado de casar Dandara, Frederico vê na união a chance de salvar sua fazenda e na festa de São João, vestidos de Lindalva e Petruccio, os dois se apaixonam. No entanto, mesmo apaixonada, Dandara não aceita se casar, pois não quer que nenhum homem a sustente.

O texto é inspirado na obra A Megera Domada, de William Shakespeare. O espetáculo foi pensado como teatro de rua e, por isso, será apresentado ao ar livre, com o objetivo de levar Cultura a parques de São Paulo. É importante ressaltar que em caso de chuva a apresentação será cancelada.

>Dandara – Teatro. Espaço Verde Chico Mendes – Av. Fernando Símonsen, 566 – Hoje, a partir das 11h. Entrada Gratuita.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados