Emissão de passaporte está suspensa; não há previsão de retorno

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

 Há dois dias, a emissão de novos passaportes pela PF (Polícia Federal) está suspensa no Brasil. O motivo, como está em nota oficial divulgada pela PF, é a ‘insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem’. Hoje, o governo vai propor no Congresso Nacional um projeto de lei que abre crédito suplementar de R$ 102,4 milhões ao Ministério da Justiça para regularizar o serviço. Cabe lembrar que para emitir um passaporte é preciso pagar R$ 257,25, correspondentes à emissão do documento. Nos de emergência, o valor sobe para R$ 334,42.

COMO FICA ATÉ LÁ?
Os únicos passaportes que continuam a ser emitidos são os de emergência, por motivo de saúde ou trabalho. Segundo a Polícia Federal, é importante frisar que “usuários atendidos nos postos de emissão até o dia 27 de junho receberão seus passaportes normalmente”.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados