Mallu Magalhães gera revolta após comentário sobre questão racial

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Estadão

A cantora Mallu Magalhães, que sofreu críticas por parte de alguns fãs que consideraram racista o clipe de Você Não Presta, seu mais recente lançamento, participou do Encontro com Fátima Bernardes desta sexta-feira, 23, e gerou ainda mais polêmica por conta de um comentário feito na hora de apresentar a música. "Essa também é para quem é preconceituoso e diz que branco não pode tocar samba", disse ela durante a introdução da música no programa.

Antes, Mallu havia debatido o tema com os convidados do programa. Ao ser questionada por Fátima sobre um possível racismo na produção, respondeu: "Foi o extremo oposto, na verdade. Quando eu fiz o clipe, minha ideia era fazer um clipe de dança e convite a todos. Em nenhum momento considerei cor de ninguém na seleção do cast, nem reparei qual era o número de pessoas, de que cor elas eram".

"Teve pessoas negras que se sentiram ofendidas, disseram que eu estava usando o corpo negro para adornar meu clipe. Não foi essa a intenção", ressaltou, reconhecendo um possível erro: "A resultante disso foi muito interessante, porque foi um espaço de debate. Acho que foi um momento de educação até para mim. Hoje olho o clipe com outros olhos, sinceramente".

 

 

Cultura & Lazer - Diário do Grande ABC - Edição: 23/06/17

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados