Diversão garantida

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Kelly Zucatelli

 E quem pensa que o único divertimento em Courchevel é esquiar, engana-se. O charmoso point de inverno oferece leque interessante de passeios e experiências, principalmente para quem gosta de esportes radicais. Os saltos de asa-delta ou parapente, embarcando no altiporto a uma altitude de mais de 200 metros, oferece vista estupenda das montanhas. Voos de avião, helicóptero, balão e batismo de queda livre também podem ser vividos por lá.

Outra curiosa diversão é o passeio de trator de neve Monster Dameur para duas pessoas. A brincadeira desafia os participantes a dirigirem máquinas que fazem com que as pessoas descubram como é o trabalho dos funcionários da estação quando as pistas de esqui fecham.

Para quem sempre teve a curiosidade de descobrir como é viver em um iglu, Courchevel propõe atividades com esse tema para os turistas, com oficinas de construção, degustação de fondue de chocolate sob a cúpula branca. Famílias e crianças a partir dos 6 anos podem participar.

Em todas as temporadas o vilarejo é palco de exposições de esculturas que chegam a mais de 5 metros, de importantes artistas. O brasileiro Romero Brito já teve seus trabalhos coloridos prestigiados no paraíso francês, dentre outros renomados artistas da contemporaneidade. Neste ano, os visitantes curtiram o festival de cinema Ski & Toiles, no auditório Gilles La Roque, espaço com capacidade para 380 pessoas. Durante o evento, o público conversou com atores e diretores.

Serviço de primeira linha
Se os custos para participar de uma aula de esqui podem variar de 40 a 300 euros para individual ou em grupo, dependendo das diárias escolhidas, as hospedagens em chalés e hotéis em Courchevel seguem padrão alto, de acordo com as tantas estrelas que a maioria possui.

Com média de 300 euros (cerca de R$ 1.120) as diárias mais baratas, em alguns endereços com meia pensão, são oferecidas belas instalações decoradas e serviços especiais de cromoterapia, spa, espaço fitness com personal trainer, serviços de cabeleireiro, sauna, banheira fria e jacuzzi externa da suíte, além das belas paisagens e o conforto de já poder sair esquiando da porta do hotel.

PERSONALIZADO
A maioria das lojas que alugam esquis oferece a entrega dos equipamentos diretamente no local de hospedagem. A loja Bernad Orcel, uma das mais antigas por lá, desde 1976, tem o serviço de compra em domicílio. As coleções de roupas de esqui são apresentadas aos turistas onde eles se hospedam

Clima de verão em meio às colinas; por que não?
Se não bastasse toda a estrutura de conforto e luxo oferecida em Courchevel, a estação tem o mais moderno parque aquático instalado na neve. Com arquitetura futurista, o Aquamotion foi construído em vidro e madeira, numa área de 15 mil metros quadrados, junto às montanhas e árvores coníferas, com espetacular teto de vegetação, que lembra uma colina ou uma onda, perfeitamente integrada ao meio ambiente.

O parque conta com oito piscinas de inox – uma delas possui um tobogã de trinta metros e outra um slide looping de mais de 100 metros – e um sistema moderno de aquecimento, sendo 80% do calor produzido por uma caldeira e um sistema de bomba. O consumo de água também obedece às regras de preservação ambiental.

Tchau roupas de esqui; oi roupas de balada
Se a escolha foi desfrutar dias de aventura, belas e branquinhas paisagens em meio à neve, hospedagem de primeira linha e gastronomia requintada, a estação dos Alpes Franceses ainda reserva programações noturnos de abrilhantar os olhos. Uma atração imperdível é assistir aos shows de esqui com tocha, realizados pelos monitores, assim como a apresentação dos tratores de neve junto a fogos de artifício.

As quartas-feiras, a pista dos Verdons se transforma em um espaço de festa, reunindo diferentes gerações de turistas durante os Verdons by Night. Nos últimos cinco anos, a atividade tem sido o momento mais esperado nas noites da estação.

O feriado de Páscoa fecha a temporada de inverno de Courchevel com atrações especiais. Neste ano, foram três dias de festas para compartilhar bons momentos e relaxar sozinho ou com a família. Uma das oportunidades é a Festa Branca, que é realizada há três anos nos Verdons. O teleférico leva os turistas para o Clube dos Esportes e o Clube de hóquei Val Vanoise para curtir os espetáculos Water Slide e Big Air Bag. Quem quiser, também pode testar gratuitamente iniciações ao biátlon. Para as crianças tem o passeio de scooter de neve, com valores bem atrativos. As famílias também são convidadas para passear em busca dos 9.000 ovos que são escondidos próximos aos teleféricos e nas pistas.

E como esquiar não é prática simples, aqueles que se destacam no esporte viram campeões. A organização dos eventos da temporada de inverno realiza o Esquiar com os Campeões, no qual os turistas podem participar e compartilhar momentos com o primeiro medalhista da estação.

COMO CHEGAR
Muitas são as possibilidades para se chegar em Courchevel, mas se prepare porque da saída de casa até o hotel esse percurso pode durar até 24 horas. Indo de avião, os trechos pela Air France podem custar a partir de R$ 5.663,87, pela Latam a partir de R$ 11.332,89 e, se a escolha for a Gol, a partir de R$ 8.396,81. Todas chegando no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.

Se não estiver viajando com muitas malas, a Air France tem ônibus que sai de meia em meia hora, a um custo aproximado de 18 euros para Gare Montparnasse e desce na Gare de Lyon, uma das paradas onde se pode pegar o trem de alta velocidade, que sai às 12h45, com destino à estação de Chambéry-Charles- eaux, que é a mais próxima de Courchevel, a um custo médio de 200 euros. Antes de chegar a Chambéry é necessário agendar um transfer de lá para Courchevel. O custo médio dessa última etapa é de aproximadamente 300 euros e leva 1h15 para um trajeto de 110 quilômetros.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados