Aparição foi há 100 anos

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

O ano era de 1917 e três crianças – Lúcia de Jesus, 10 anos, Francisco Marto, 9 anos, e Jacinta Marto, 7 anos –, após assistirem à missa na igreja de Aljustrel, lugarejo de Fátima, em Portugal, foram tratar de pastorear as ovelhas nas terras do pai de Lúcia. Eis que viram um clarão e, em seguida, a imagem de uma santa. Era dia 13 de maio daquele ano.

O feito foi considerado a primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima, que completa 100 anos no domingo. Por conta dessa e das outras cinco vezes em que a santa apareceu no local, começou a ser construída em 1919 a Capelinha das Aparições que, com o tempo, viu o seu redor ‘crescer’ e se tornou o Santuário de Fátima, com duas grandes basílicas. O local, que fica a 120 quilômetros de Lisboa, atrai, anualmente, cerca de 3,3 milhões de visitantes.<EM>

E neste ano, em razão do centenário, uma série de atrações estão agendadas. A começar por este fim de semana, que haverá a visita do papa Francisco. “Queremos apresentar Fátima e fazer com que os brasileiros vejam esta região como destino religioso muito importante, que deve ser visitado pelo menos uma vez na vida. Teremos uma programação extensa, não só em maio, quando se comemora o centenário da aparição de Nossa Senhora, mas em todo o ano de 2017”, afirma a secretária de Estado do Turismo de Portugal, Ana Mendes Godinho.

Entre as novidades até o fim do ano, estão ciclos de música sacra, produção de documentários, lançamento de livros, exposições, concertos, performances, fóruns de estudo, apresentação de coros infantis, oficinas musicais criativas e oficinas de esculturas, entre outras atividades. Também está sendo preparado um longa em animação, Fátima, o Filme, que deverá ser distribuído também no Brasil até o fim do ano.

CAMINHOS

Quem vai para Fátima pode seguir quatro percursos de fé. Assim, evita-se a estrada de grande tráfego e proporciona a contemplação de pequenas estradas rurais. São eles: o Caminho do Tejo (de Lisboa, seguindo por Santarém, chegando a Fátima), o Caminho do Norte (de Santiago de Compostela, seguindo por Valença, Porto, Coimbra e Leiria), o Caminho da Nazaré (de Nazaré, seguindo por Leiria) e o Caminho do Mar (de Lisboa, seguindo por Sintra, Caldas da Rainha, chegando a Fátima). O ideal para o visitante é escolher o que lhe for mais adequado e ter experiência carregada de espiritualidade e inspiração.

Para quem tem só um dia para apreciar a bela cidade, dá para ir de ônibus da Rede Expresso (www.rede-expressos.pt). Eles partem da rodoviária das 7h às 19h e a passagem – que dá para comprar pela internet – custa 20,40 euros (cerca de R$ 70, ida e volta no mesmo dia). 

Uma das 13 imagens passou pelo Grande ABC

Na semana passada, uma das 13 imagens peregrinas de Nossa Senhora de Fátima passou pelo Grande ABC. Na quinta-feira, ela chegou, em caminhão do Corpo de Bombeiros, à Igreja Santíssima Virgem, no Jardim do Mar, em São Bernardo. 

Passou também por Santo André e seguiu a peregrinação. No domingo, estará no Santuário Nossa Senhora de Fátima (Av. Dr. Arnaldo, 1.831), em Sumaré.

 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados