Rocco disponibiliza nova edição de clássico

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

 Considerado um dos clássicos da literatura mundial e tido por muitos como o primeiro romance moderno, Tom Jones (Ed. Rocco, 320 páginas, R$ 34,50, em média) foi publicado por Henry Fielding na Inglaterra, em 1749, e, no Brasil, foi traduzido e adaptado por ninguém menos que Clarice Lispector. Agora, a editora Rocco traz de volta a história para as prateleiras das livrarias pelo selo Rocco Jovens Leitores como parte da coleção Os Favoritos, da qual também fazem parte obras como O Chamado Selvagem, de Jack London, Viagens de Gulliver, de Jonathan Swift, A Ilha Misteriosa, de Julio Verne, O Talismã, de Walter Scott e O Retrato de Dorian Grey, de Oscar Wilde.

Na trama, o autor acompanha de perto as peripécias de um jovem bastardo que aparece, misteriosamente, na casa do Sr. Allworthy, um viúvo rico e de coração bondoso. Disposto a enfrentar a língua do povo pelo bem do ser inocente, o nobre senhor não pensa duas vezes e ordena a criada Débora que providencie para o jovem roupa, alimento, cama e tudo mais que for necessário. Isso tudo antes mesmo de consultar Bridget, a irmã solteira e severa com quem divide a casa. Sua feição pela pobre criatura só aumenta com o passar do tempo, mas o rapaz, astuto e charmoso, se envolve em diversas encrencas, o que leva a afeição e a confiança de Allworthy ao limite. O livro acompanha a trajetória de Tom Jones da infância à juventude, incluindo o longo período em que vagou pelas estradas da Inglaterra.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados