Voz a Clementina

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Karine Manchini

Fazer faculdade pode trazer diversas experiências para os estudantes, mas algo diferente aconteceu com grupo da Universidade Metodista, de São Bernardo, que, após concluir a graduação em Jornalismo, fez com que o trabalho de conclusão de curso virasse uma biografia da sambista Clementina de Jesus, conhecida pelas canções Marinheiro Só e Na Hora da Sede.

Felipe Castro, Janaína Marquesini, Luana Costa e Raquel Munhoz, formados em 2011, decidiram levar para frente o projeto do livro de reportagem Quelé, A Voz da Cor – Biografia de Clementina de Jesus (Editora Civilização Brasileira, 2017, R$ 40), que conta toda a trajetória da artista. “Escolhemos o tema quando precisávamos eleger assunto para o trabalho. A Janaína lembrou de um disco que a Clementina gravou, no qual eram interpretados cantos da época da escravidão”, conta Felipe.

Passando por diversas aventuras para conseguir material para a produção, entre idas e vindas ao Rio de Janeiro a fim de encontrar personagens que conheceram e tiveram contato com a cantora, os jornalistas se revezavam para conciliar a rotina de trabalho com viagens.

O livro foi lançado no Brasil inteiro e é considerado a primeira biografia sobre Clementina de Jesus. Depois do lançamento, o grupo está divulgando o produto, que já está nas livrarias, além de ter em vista alguns projetos para a história. “Estamos em contato com produtores de audiovisual que têm interesse em adaptar o livro para o cinema e com a gravadora que hoje tem os direitos sobre a obra de Clementina”, explica.

Os jornalistas estão recebendo diversos elogios de vários artistas, músicos, familiares da cantora e pessoas que amam o samba. “É indescritível saber que promovemos o resgate de uma figura tão importante da cultura popular brasileira e, ao mesmo tempo, tão esquecida. Clementina de Jesus agora está sendo relembrada e ocupando um papel que sempre lhe coube“, finaliza Felipe.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados