Filme conta história de rede de fast food

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

 É certo que por trás de um grande negócio de sucesso quase sempre há boa história a ser contada. Pelo menos esse é o caso de uma das maiores redes de fast food do mundo, o McDonald’s, que possui hoje mais 33 mil restaurantes em 119 países, sendo mais de 850 só no Brasil, além de 84 cafés. Agora, a história que ninguém conhece por trás da marca ganhou as telonas em Fome de Poder, em cartaz nos cinemas. Na região, o longa pode ser visto no Grand Plaza Shopping.

A trama é baseada na história real de Ray Kroc, um vendedor de Illinois, que conheceu Mac e Dick McDonald quando os dois gerenciavam uma hamburgueria na Califórnia, Estados Unidos, nos anos 1950. Impressionado com a rapidez do sistema de produção que os irmãos implementaram no restaurante e com a multidão de clientes que eles atraíam, Kroc imediatamente viu no negócio um grande potencial para franquias. Por meio de artifícios duvidosos, tirou a empresa das mãos dos irmãos McDonald e criou um império bilionário, que se tornou uma das mais conhecidas redes de fast food do mundo.

Na pele do vendedor ambicioso Michael Keaton (Spotlight – Segredos Revelados, Birdman) convence. É praticamente impossível não chegar ao fim da trama sem criar algum sentimento – no caso raiva – pelo protagonista. O sucesso do fast food é inquestionável. Os números citados no início do texto provam que Kroc tinha razão quando enxergou no McDonald’s uma empresa de sucesso, mas conhecer a história a fundo é meio decepcionante para os fãs da rede, o que prova que o filme foi benfeito.

A direção é de John Lee Hancock (Branca de Neve e o Caçador). Além de Keaton, fazem parte do elenco Nick Offerman, John Carrol Lynch, Linda Cardellini, Laura Dern e Patrick Wilson.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados