Beleza nos olhos de quem vê

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

Algumas coisas têm gosto de infância e despertam nostalgia boa daquilo que foi vivido na época em que a noção que se tinha da vida era a de que tudo não passava de um perfeito conto de fadas. Os anos passam, a maturidade chega, a inocência desta fase se vai, mas ainda bem que, vez ou outra, é possível resgatar essas memórias e sentimentos com a ajuda de filmes, que recontam histórias que a gente conhece de cor.

E se tem uma coisa que a Disney sabe fazer como ninguém é mexer com o imaginário humano. Prova disso é a sessão de cinema lotada de marmanjos ansiosos para assistir à nova versão de A Bela e a Fera, realizada exclusivamente para jornalistas na sexta-feira, em São Paulo. O longa-metragem chega aos cinemas dia 16, mas a partir da 0h01 de quarta para quinta as primeiras sessões já podem ser conferidas em diversas salas do Grande ABC.

A trama, baseada no conto original, traz os personagens que todo mundo já conhece. Moradora de uma aldeia francesa, Bela, uma jovem linda, brilhante e independente, bem diferente das mulheres de seu tempo, tem o pai capturado pela Fera e decide se entregar ao estranho em troca da liberdade de seu progenitor. Apesar de seus medos, ela se torna amiga dos serviçais encantados e aprende a enxergar além do exterior horroroso do dono da mansão. Durante essa convivência forçada, Bela percebe o coração gentil do príncipe que mora dentro do monstro. Ele só precisa encontrar o amor verdadeiro para se livrar do feitiço que o deixou assim e voltar à forma humana.

O live action (quando atores reais contracenam com animação) do clássico é deslumbrante. Cenário, roteiro, fotografia e todos os outros elementos foram pensados para encantar o espectador, que termina a sessão com a sensação de ter revisitado o passado. Além disso, para quem nunca se atreveu a conferir de perto um conto de fadas, essa é oportunidade imperdível. Na trilha sonora, além das canções já conhecidas da animação de 1991 – que foram regravadas – três novas músicas compostas por Alan Menken (do filme original) e Tim Rice foram incluídas.

Dirigido por Bill Condon, o elenco da trama é composto por Emma Watson como Bela; Dan Stevens como a Fera; Luke Evans como Gaston, o belo, mas superficial camponês que corteja Bela; Kevin Kline como Maurice, pai de Bela, além de Ewan McGregor, Stanley Tucci, Gugu Mbatha-Raw, Audra McDonald, Nathan Mack, Ian McKellen Emma Thompson, que vivem os objetos animados.

Quando os contos nunca têm fim

De acordo com o dicionário, fã é o indivíduo que tem grande afeição ou demonstra grande interesse por algo ou alguém. Original do inglês, é abreviação de fanatic (fanático). Logo, com essa explicação, é possível entender o porquê de tanta gente beirar a loucura e realizar o que for necessário para estar perto do ídolo ou do que tanto ama.

A Disney e seus contos de fadas possuem uma porção de fãs de todas as idades espalhados por todos os cantos do mundo. Por aqui? Não é diferente. Muitos, inclusive, estão extremamente ansiosos para a chegada da nova versão em live action de A Bela e a Fera, que chega aos cinemas na quinta-feira.

Entre eles está a jornalista de São Bernardo Suzana Vieira, 31 anos, que não se aguenta de tanta expectativa para conferir de perto o filme. “Sou fanática, sei as músicas, os nomes dos personagens, e recentemente estive na Disney. Pude viver de perto essa minha adoração pela história”, revela. Além disso, a animação original de 1991 marcou a estreia de Suzana no cinema, quando ainda era criança. “Fui com meu pai e como ele faleceu há quatro meses esse novo filme será ainda mais nostálgico para mim”, garante.

A estagiária de Direito de Santo André Mariana Mastromano Mesquita, 22, compartilha da mesma fascinação. “Acredito que toda menina sonha com um príncipe e essa geralmente é a razão para gostar de contos de fadas. Mas, fora o romance, tem também a magia desses filmes”, explica. A ansiedade para o lançamento é tanta que Mariana conta ter comprado os ingressos quando entraram em pré-venda, há mais de um mês. “Espero que a adaptação seja incrível, que tenha muitos efeitos especiais, animação e, claro, romance”, finaliza.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados