Clipe na TV

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Karine Manchini

 Quem acha que a moda de ver clipes na televisão – na MTV, Mix TV e Clip Trip, para citar alguns – é coisa dos trintões e quarentões saudosistas, está muito enganado. O canal Multishow usa, desde 1999, a mesma fórmula para transmitir as novidades nacionais e internacionais do cenário musical.

O TVZ, com direito a legendas e tradução nas faixas gringas, passa de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h. A atração também tem sua versão ao vivo, às segundas e quartas-feiras, das 19h às 21h, com a participação de algum artista como apresentador. Já estiveram à frente Zezé Di Camargo e Luciano, Anitta, Tiago Iorc, entre outros.

Neste começo de ano foi transmitida a versão Casa TVZ Verão, com vários convidados. Já no dia 8, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, irá para o ar edição especial comandada pela cantora Naiara Azevedo.

“Percebemos que os artistas estavam usando muitos lyric vídeos nas redes sociais e incorporamos esse formato ao programa. O mesmo aconteceu com os vídeos de coreografias. Nos identificamos e trouxemos para o TVZ”, conta ao Diário Bruna Demaison, coordenadora de conteúdo do canal e da atração.

Outro segredo do Multishow, que após apostar na tecnologia vem agradando cada vez mais os telespectadores, é a interatividade. A ideia é que o público participe cada vez mais ativamente do programa. Ele pode acompanhar, e comentar, a programação pelo Twitter, Instagram, Periscope, Snapchat e Facebook Live, por exemplo. “O tempo todo lançamos novos quadros para oxigenar o TVZ, que tem sempre os clipes como foco, claro”, salienta.

Com as novidades, como o TVZ ao Vivo, a emissora já registrou neste ano boa repercussão. Segundo dados do Kantar Ibope MW, a audiência foi 13% superior à média geral do programa em 2016.

DO GRANDE ABC
Morador de Santo André, o maestro da Dynamic Coral e Orquestra, Renato Zanuto, 37 anos, foi chamado pelo Multishow para fazer a trilha sonora do programa MultiTom no início de 2016. Apaixonado pela composição das trilhas sonoras para TV, filmes e teatro, o maestro já produziu material para a novela Paraíso, e minissérie Dupla Identidade, da Globo, mas nunca havia feito trilhas para programas de humor como o que foi proposto pela emissora.

“Foi um desafio. Recebi o convite para fazer as trilhas e também para dirigir a banda que acompanha os artistas. Além disso, tem as paródias com os muitos personagens do Tom Cavalcante. Já tivemos a honra de gravar ao lado de grandes artistas como Fagner, Luiza Possi e Zeca Pagodinho”, conta. Atualmente Renato e a produção do Multishow estão gravando a terceira temporada do programa, que vai ao ar em maio.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados