Sérgio Britto estreia show solo no Sesc Santo André

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

 
Mesmo um artista que tem 34 anos de carreira sempre encara desafios pela frente. E Sérgio Britto, dos Titãs, está prestes a sentir o frio na barriga pela primeira vez. É que ele vai apresentar na sexta-feira, no Sesc Santo André, show solo, no formato voz e piano. “É realmente desafiador. Não me considero intérprete ou instrumentista. Cheguei a um repertório que mostra meu lado autor, meu trabalho como compositor”, explica ao Diário.
 
Para Britto, apresentações mais intimistas, sem banda, acabam valorizando as letras. “Às vezes, assim, dá para prestar mais atenção no que querem dizer”. Flores, Homem Primata e Nem Cinco Minutos, segundo ele, ficaram bem interessantes neste formato.
 
E olha que o músico tem muitas composições de peso em sua bagagem. Em pouco mais de uma hora de apresentação e 18 canções, estão no setlist faixas como Eu Sei Que é Amor, Enquanto Houver Sol e Epitáfio. Sobre esta última – sempre tocada desde que foi lançada em 2002 – o artista reflete. “Fico impressionado com o enorme alcance de Epitáfio, mas, na verdade, não esperava tamanha repercussão. Como Iguais tem o mesmo estilo e é quase desconhecida. Enfim, também nunca imaginei que ia gravar discos, viver de música.”
 
Durante o show do Sesc, Britto também vai interpretar músicas que fez em parceria com Negra Li (Aqui Neste Lugar) e Rita Lee (Purabossanova), além de dar espaço para recriação de canções de compositores internacionais, como London Calling, Should I Stay or Should I Go, do The Clash, Que Dirá El Santo Padre e Lo Hierba de Lós Caminos, da banda de música folclórica chilena Quilapayun. “Quis fazer um apanhado também de coisas que não são minhas, como morei e fui alfabetizado no Chile, músicas do Quilapayun não podiam faltar.”
 
Mais do que sair por aí com seu show solo, Sérgio Britto também está bem envolvido com o lançamento de um CD. “Estou finalizando outro álbum de inéditas, mas ainda não sei se será possível lançá-lo ainda neste semestre.” E também com novo projeto com os Titãs. “Vai ser uma ópera rock, estamos elaborando a trama, está encaminhado”, finaliza.
 

Sérgio Britto: Piano e Voz – Música. Sexta-feira, às 21h. No Sesc Santo Andé – Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200. Ingr.: R$ 9, R$ 15 e R$ 30, apenas nas bilheterias da unidade. 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados