Processo seletivo do CAV é cancelado

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

Quem se inscreveu para participar do processo seletivo do CAV (Centro de Audiovisual de São Bernardo) recebeu ontem um e-mail cancelando a prova, que seria sábado. No texto, o CAV justificou a atitude por ‘problemas operacionais’ e garantiu que, em breve, será divulgada nova data para seleção.
 
O problema é que o Centro de Audiovisual sofre há tempos com dificuldades operacionais e estruturais. Os arte-educadores, que chegaram a fazer uma paralisação no ano passado por conta do atraso de salário, mesmo após negociações com a Telem S.A. – empresa que ganhou a concessão do Complexo Vera Cruz nos próximos 30 anos – continuam sem parte dos honorários.
 
Estudantes do espaço, por medo de perderem o curso que estão fazendo e os que ainda estão por vir – as aulas, a princípio, voltam em março –, iniciaram ontem um abaixo-assinado on-line pedindo a ajuda do prefeito Orlando Morando (PSDB).
 
Eles temem nova paralização dos professores ou o encerramento das atividades do CAV, que foi inaugurado em 2012. “Pedimos assim que considerem essa relevância antes das tomadas de decisões. Esperamos transição de gestão de prefeituras que não nos deixe na mão, que respeite nós, estudantes, e a oportunidade profissional desse projeto em nossas vidas”, diz o texto do documento.

Procurada, a Prefeitura não quis se posicionar porque a gestão do CAV é feita pela Telem S.A. A empresa, por sua vez, diz que a situação está sendo negociada e que, com a retomada das aulas, essas questões serão regularizadas. 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados