De volta aos dias de glória

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

 O Grande ABC ainda é uma das regiões do Brasil que apresentam maior potencial, apesar da crise. E quando se trata de Cultura não é diferente. Artista renomados de diversas vertentes surgiram aqui e o público consumidor é igualmente forte. No entanto, quando se trata de grandes espaços destinados à promoção de lazer e Cultura, a região possui poucas opções, obrigando os apreciadores da arte a se locomoverem para outros centros, como a Capital.

Localizado no Centro de São Bernardo, o Complexo Cinematográfico Vera Cruz, antes gerido pela Prefeitura da cidade, desde 2015 é de responsabilidade da Telem S.A (Técnicas Eletromecânicas). A empresa venceu a licitação e ganhou o direito de explorar o espaço por 30 anos.

Os projetos apresentados pela Telem, porém, sequer saíram do papel. Em última entrevista sobre o assunto concedida ao Diário, no mês de dezembro do ano passado, o prefeito Orlando Morando (PSDB) afirmou que se a empresa não cumprir os contratos, a concessão poderá ser revista. “Não vamos fazer nada à revelia da lei, mas não permitiremos nenhuma benevolência que prejudique a cidade. Vou exigir o direito que é da Prefeitura”, declarou Morando.

Pois bem, algo novo vai voltar a acontecer por lá. Conhecido por abrigar grandes feiras de diversos setores, além de gravações de programas, o Pavilhão voltará a receber shows a partir do dia 17. A começar pela dupla de peso Gal Costa e Djavan (os ingressos estão sendo vendidos no site ticketbrasil.com.br, por valores que variam de R$ 50 a R$ 250).

O local já abrigou apresentações de artistas consagrados. Exemplo foi o Show de Maio, realizado em 8 de maio de 1979 durante a primeira greve dos metalúrgicos de São Bernardo, que trouxe para os palcos ninguém menos do que Elis Regina, Gonzaguinha, Dominguinhos, Belchior, entre outros.

A ideia de fazer renascer os espetáculos surgiu no fim do ano, quando a Up Eventos sentiu a necessidade de encontrar lugar maior para seus eventos e decidiu procurar os responsáveis pelo Pavilhão. “Visitamos o Vera Cruz com a ideia fixa do que queríamos e fechamos o negócio de uma forma muito positiva, e para ambos os lados”, contou ao Diário Lucas França Peres, diretor da Up.

De acordo com a Telem S.A, o edital de concessão prevê a promoção de eventos culturais no local. “Essa iniciativa não é inédita e cumpre rigorosamente as prerrogativas contratuais, objetivando promover as atividades artístico-culturais na cidade de São Bernardo e oferecendo para a população arte, Cultura e lazer”, explicou a empresa em nota.

Para a Up, foi um bom negócio. A estrutura, com capacidade para abrigar público de cerca de 6.000 pessoas, viabilizará juntar dois grandes artistas no mesmo show. “Os teatros da região atendem uma capacidade de público para apenas um cantor. Com esse espaço, nós poderemos manter o ar rústico de um teatro, porém com estrutura de grandes shows. Mas acima de tudo, teremos a chance de oferecer para o nosso público a infra de alimentação que tanto queríamos em teatros e não podíamos”, explica Peres.

LINE UP
A Up já tem agenda repleta de grandes nomes que se apresentarão no complexo ainda no primeiro semestre. Entre os artistas confirmados estão Ana Carolina e Maria Gadú, em 4 de março; Luan Santana, em 10 de março; e Planet Hemp e Raimundos, em 8 de abril. Além disso, outros shows estão em negociação. “Nós faremos pelo menos mais cinco shows lá neste primeiro semestre e pretendemos continuar a parceria, mas sem deixar de lado nosso amor por trabalhar em teatros”, finaliza o diretor.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados