Festival de Berlim vai contar com mais duas produções brasileiras

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Rui Martins

 O cinema brasileiro terá mais dois filmes – um longa e um curta – no Festival Internacional de Cinema de Berlim, entre os dias 9 e 19. Ao todo, o País será representado por 12 produções. Os mais recentes anunciados serão exibidos na mostra Panorama. São eles: Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky, e Vênus – Filó a Fadinha Lésbica de Sávio Leite.

Berlim destaca a presença brasileira e classifica Como Nossos Pais como a descrição do cotidiano de três gerações em “exibição pirotécnica de paixões individuais e delírios existenciais, encenados com sublime naturalidade”. É estrelado por Maria Ribeiro, Paulo Vilhena, Sophia Valverde, Annalara Prates, Clarisse Abujamra e Jorge Mautner.

No quarto filme de Laís, a protagonista é Rosa, uma mulher com conflitos no trabalho, com a mãe, com a filha e com o marido. Parte das filmagens foi feita em casarão em Pinheiros, na Capital, onde foi montado um consultório. Lá, Rosa trabalha como terapeuta e tenta solucionar os problemas sexuais com o marido. Como trilha sonora, o filme tem a música de mesmo título, que era interpretada por Elis Regina.

Já Vênus – Filó, a Fadinha Lésbica é uma animação narrada por Helena Ignez e inspirada em poema de Hilda Hilst, que leva o mesmo nome, sobre uma fada que “vestia-se como rapaz para enganar a mocinha”.

Rui Martins, convidado pelo Festival, estará em Berlim.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados