Artista da região faz tributo no dia de aniversário de morte de Elis Regina

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

 Hoje, há 35 anos, Elis Regina se despediu deste mundo. Na época, ela tinha 36 anos, exatamente a mesma idade de Giselle Maria. A cantora, moradora de Santo André, dedica esta noite a um de seus maiores ídolos, ritual que repete há cinco anos. “Cantar Elis é um desafio e uma responsabilidade. Sinto felicidade enorme em poder relembrar um repertório tão rico e reviver sua memória”, conta ao Diário. O show será na All Of Jazz.

“A Elis é a junção da emoção, técnica e bom gosto musical. É artista completa, visceral, quente e que se doava por inteiro. Ela cantava com o corpo todo e não somente com a voz”, derrete-se Giselle, que não consegue eleger apenas uma canção favorita da Pimentinha. “Mas posso dizer que amo quando ela canta samba e samba-jazz, pois sua divisão rítmica é incrível.”

Justamente seguindo por essa praia será o repertório desta noite. “Foquei muito no samba-jazz e nas canções mais ‘pesadas’ de Elis, como Agnus Sei, O Que Foi Feito Deveras, Trem Azul, Cai Dentro, Bonita, entre outras”, conta. A artista sobe ao palco acompanhada por Anete Ruiz (piano), Gabriel Cose (guitarra), Stefano Moliner (baixo) e Gabriel Marotti (bateria).

>Giselle Maria canta Elis – Show. All of Jazz na Rua João Cachoeira, 1.366, no Itam Bibi, em São Paulo. Hoje, às 22h30. Ingr.: R$ 30, reservas pelos telefones 3849-1345, 99271-2256 e reservas@allofjazz.com.br.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados