Série com Debbie Reynolds e Carrie Fisher chega ao HBO

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

 O mundo das celebridades sempre teve os dois lados: os pró e contra da fama. Ser estrela de Hollywood não é nada fácil e é preciso ser forte para suportar todos os obstáculos que aparecem. E quando duas grandes estrelas da mesma família dividem o tranco pode ser mais complicado ainda.

Debbie Reynolds e Carrie Fisher, mãe e filha, viveram muita coisa juntas, e separadas. As duas atrizes – que morreram com 24 horas de diferença – estão em Bright Lights, documentário que estreia hoje, às 22h, no HBO. O projeto teve boa repercussão nos Festivais de Cannes, de Telluride e o de Nova York no ano passado.

As duas chegaram a morar juntas no mesmo complexo em Beverly Hills. Conhecida por seu brilhante papel em Cantando na Chuva, Debbie virou a queridinha de Hollywood. As gravações mostram as reações de Carrie – a eterna Princesa Leia de Star Wars – sobre os trabalhos da mãe. Elas são ao mesmo tempo hilárias e comoventes. Dirigido por Alexis Bloom e Fisher Stevens, Bright Lights apresenta também filmes da família que mostram os bastidores do mercado cinematográfico.

O funeral das duas aconteceu na última sexta-feira para familiares e amigos na mansão de Carrie. Entre as homenagens, Meryl Streep cantou a música preferida da Princesa Leia: Happy Days Are Here Again. Carrie – que foi cremada e será enterrada ao lado da mãe no Cemitério Forest Lawn Memorial Park, em Los Angele – morreu de infarto aos 60 anos; Debbie, de acidente vascular cerebral aos 84 anos.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados