Em cartaz, ‘Passageiros’ mistura ação e romance

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

 É preciso muita criatividade para pensar em roteiros e histórias diferentes de tudo o que já foi produzido, mas que, ao mesmo tempo, tenham capacidade de atrair o espectador a ponto de fazê-lo querer assistir a determinado título no cinema. Fugir daquilo que o público está habituado pode ser arriscado na mesma proporção em que pode dar muito certo. Passageiros, em cartaz em diversos endereços na região (confira tabela na página 3), é desses roteiros peculiares, mas que contém clichês suficientes capazes de agradar o público e se tornar sucesso de bilheteria.

A começar pela escolha dos protagonistas – Jennifer Lawrence (Jogos Vorazes, Joy: O Nome do Sucesso), como Aurora, e Chris Pratt (Vingadores, 10 Anos de Pura Amizade), na pele de Jim. Completam o elenco principal Michael Sheen (Alice Através do Espelho, A Saga Crepúsculo) que dá vida ao robô Arthur e Laurence Fishburne (O Homem de Aço, Batman Vs Superman - A Origem da Justiça) como Gus Mancuso.

Além disso, uma boa dose de romance com tudo que tem direito foi inserida para fazer palpitar o coração dos espectadores mais apaixonados. De novo, uma viagem criativa e futurista que não se iguala a nenhum outro thriller que já foi produzido por aí.

Na trama, cansados das opções Aurora e Jim embarcam para uma viagem de rotina com destino ao Espaço prevista para durar 120 anos. Por uma falha no sistema da aeronave, eles são despertados 90 anos antes. Sozinhos, começam a estreitar seu relacionamento enquanto tentam desvendar a pane que os fez acordar e ameaça suas vidas e dos demais passageiros que ainda dormem. A direção é de Mortem Tyldum (O Jogo da Imitação, HeadHunters) e o roteiro de Jon Sapihts.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados