'A Dor’ retrata angústia de escritora durante a Segunda Guerra Mundial

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares Oliveira

 Foi durante a Segunda Guerra Mundial que a escritora francesa Marguerite Duras (1914-1996) viveu dias de angústia extrema a espera de notícias de seu marido, preso em um campo de concentração. Tudo que ela viveu nesse período foi relatado em diários que deram vida ao livro La Douleur, que, por sua vez, serviu de inspiração para o espetáculo A Dor, que será apresentado em curta temporada no Teatro Pequeno Ato, em São Paulo, de 11 a 22 de janeiro, de quarta a sábado, às 20h30, e aos domingos, às 19h. Os ingressos custam R$ 15 e R$ 30, e estão à venda na bilheteria uma hora antes do espetáculo.

> A Dor – Teatro Pequeno Ato ( Rua Doutor Teodoro Baima, 78), em São Paulo. Ingressos.: R$ 15 e R$ 30.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados