Exposição virtual reúne ‘Princesas Leias’

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

 A morte de celebridades mexe com muita gente. Ainda mais quando eles dão a vida a personagens marcantes, fortes e guerreiros. É o caso de Carrie Fisher, que durante toda a saga Star Wars vestiu muito bem a roupa da Princesa Leia. A atriz morreu no dia 27, aos 60 anos, de infarte.

Várias foram as homenagens pelo mundo e já está no ar mais uma delas, feita por brasileiros. Trata-se da exposição virtual Princesa Leia no Universo, organizada por José Alberto Lovetro, o Jal, cartunista, roteirista, jornalista e presidente da ACB (Associação dos Cartunistas do Brasil).

Basta acessar o endereço http://hqmix.com.br/exposicao/princesa-leia-no-universo e conferir os desenhos, ilustrações, charges e caricaturas.Foram convidados vários artistas, que imprimiram suas características e fizeram suas próprias releituras da famosa princesa espacial, entre eles Ademir Paixão, Amorim, André Hippertt, Bruno Dutra, Dalcio Machado, J.Bosco, Mauro Souza, Nelson Fernandes, Paulo Sergio Jindelt e Sergio Gomes.

A maioria optou por retratá-la com seu mais tradicional look: o cabelo trançado e amarrado em dois coques na cabeça, algo que, curiosamente, Carrie não gostava muito. A atriz chegou a chamá-lo de penteado “para nunca se fazer”. E disse mais: “Eu pesava uns 50 quilos na época e outros 50 ficavam só na minha cabeça. Ainda faziam o desfavor de deixar meu rosto largo”, revelou. A atriz demorava, pelo menos, duas horas para ficar pronta por causa do penteado.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados