Artistas lamentam morte de George Michael

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vinícius Castelli<br>Do Diário do Grande ABC

 George Michael era querido por muitos. Cantor que ganhou os holofotes ainda nos anos 1980, o britânico morreu no domingo de Natal, em sua casa, no condado de Oxfordshire, em Londres. Ele tinha 53 anos. A causa da morte ainda não foi confirmada, mas, segundo Michael Lippman, gerente do artista, ele teve insuficiência cardíaca. Até o fechamento desta edição não havia informações sobre enterro.
Na frente da casa do cantor, desde a manhã de ontem, fãs fazem sua homenagem levando flores, bilhetes e velas, se abraçam e lembram do artista, que cantou temas como Freedom, Wake Me Up Before You Go-Go e Everything She Wants.
Nas redes sociais artistas também se movimentaram e lamentaram a morte do companheiro. Elton John, em sua conta no Instagram, escreveu estar profundamente chocado. “ Perdi um amado amigo – o mais gentil, com mais generosa alma e brilhante artista. Meu coração vai com a família dele e todos os seus fãs,”
A popstar Madonna, guerreira ferrenha na luta contra o preconceito, inclusive homossexual – George Michael assumiu homossexualidade em 1998 após emboscada por policial à paisana com quem flertou em banheiro público e na hora da relação sexual foi preso pelo agente –, também lamentou a morte do cantor. “Adeus, meu amigo! Outro grande artista nos deixa. 2016 já pode dar o fora agora?”, escreveu ela.
Outra artista referência no universo gay, Gloria Gaynor também se manifestou. “Tão triste de ouvir sobre a morte de George Michael. Minhas orações e condolências vão para a família, amigos e fãs.” No Twitter o grupo Duran Duran também escreveu em homenagem ao artista. “2016 – perdemos mais uma alma talentosa. Todo nosso amor e simpatia à família de George Michael.”
CARREIRA
[Foi ao lado do amigo Andrew Ridgelev que Michael formou o Wham!, no início dos anos 1980. A parceria rendeu o disco Fantastic. Em 1985, a dupla se separou e Michael partiu rumo ao estrelato. Impossível negar sua facilidade de criar hits. Basta se lembrar de canções como One More Try e Careless Whisper.
Ao longo de mais de 30 anos de estrada vendeu mais de 100 milhões de discos. Ganhou o Grammy duas vezes. Veio ao Brasil em 1991, no Rock In Rio.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados