Madeleine Peyroux segue no jazz em novo álbum

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vinícius Castelli<br>Do Diário do Grande ABC

 Quando surgiu, em 1996, com Dreamland, Madeleine Peyroux já deixou claro que teria carreira promissora. Agora, 20 anos depois, ela mostra que todos que lhe deram atenção tinham razão. Ela coloca nas prateleiras Secular Hymns (Universal Music, R$ 27,90, em média), seu oitavo trabalho e deixa mais claro ainda que seu nome está entre os maiores quando o assunto é jazz.
Mas a receita, como sempre, vai além e aborda linguagens como blues e há espaço até para um tango. Como sempre, ela, que assume violões e guilele, é acompanhada por John Herington (guitarra) e Barak Mori (contrabaixo).
O álbum foi gravado em uma sessão ao vivo na igreja de Saint Mary The Virgin, na Inglaterra.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados