Breaking na veia

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Soares<br>Do Diário do Grande ABC

 Que o Grande ABC abriga muito talento de primeira qualidade em todas as áreas culturais e artísticas, entre tantas outras, já não é novidade. Mas melhor que isso é que esses artistas locais têm tido, cada vez mais, a chance de escancarar seu brilho para o mundo.
Entre eles está o educador social, produtor de eventos e microempresário de São Bernardo Laerte Rodrigues, 26 anos. Conhecido como Sarará, ele conquistou o primeiro lugar no pódio do Prêmio Breaking Latino-Americano de melhor fotografia pelo voto popular.
Fotógrafo por hobby há cinco anos, Sarará é militante antigo do hip hop, linguagem que serviu como porta de entrada para a dança. “Me afastei dela por um tempo para estudar. Fui para área da educação e conheci a fotografia. Como sentia muita saudade da dança, comecei a fotografar para preencher esse sentimento e a brincadeira foi se tornando séria”, relembra.
A vitória, no entanto, foi uma surpresa inesperada. “Eu acreditava que poderia estar entre os melhores por sempre participar dos eventos e meu rosto já ser mais conhecido”, conta.
Organizado pela Phenomenal Creative, a premiação foi realizada pelo segundo ano consecutivo com o objetivo principal de incentivar os artistas ou personalidades dentro da cena breaking em diversas categorias, como melhores b.boy, b.Girl, crew, MC, DJ e fotografia, entre outras. A cerimônia para entrega dos prêmios foi realizada no último dia 9, na Sala Olido, na Capital.
Além disso, como educador, Sarará atua em diversos projetos sociais como o Projeto Cativar e o Cajuv (oficinas de arte) dando aula de grafite, ambos em São Bernardo.
Em 2016 ele também participou de concurso cultural realizado pelo município, onde realizou uma ação educativa para conscientizar os menores de 18 anos sobre abuso da bebida alcoólica. Conquistou o segundo lugar.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados