‘3%’, primeira série brasileira original da Netflix, estreia hoje

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Ratti<br>Especial para o Diário

 Os amantes de séries tem mais uma para colocar na lista das que precisam ser assistidas: 3%. O principal motivo é que este é o nome da primeira produção da Netflix criada no Brasil e tem estreia hoje para assinantes.
Além do público brasileiro, cerca de 190 países conhecerão a produção criada por Pedro Aguilera e dirigida por Cesar Charlone.
A história se parece muito com a realidade. Nela, a sociedade está dividida entre o Mundo Miserável – onde vive 97% da população – e o Mar Alto – onde apenas 3% tem permissão de estar. O lugar é cercado de privilégios. E esses indivíduos tem a chance de mudar de vida quando completam 20 anos por meio de processo seletivo que dá oportunidade de passar para a minoria.
Os protagonistas da trama são os atores Bianca Comparato, que interpreta Michele, jovem que participa da seleção, e João Miguel, na pele de Ezequiel, que é explosivo chefe responsável pela escolha dos jovens.
O criador e diretor não precisaram ir tão longe para a inspiração de 3%. O grupo que está entre os miseráveis e pretende passar para o outro lado é o retrato da mistura do povo brasileiro: negros, homossexuais, deficientes físicos e mulheres. Com isso, a produção discute a meritocracia, tema polêmico na sociedade.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados