Selo carioca aposta no cancioneiro erudito

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vinícius Castelli

 Elegância e até um resgate de instrumentos. Com foco na música erudita, o selo carioca A Casa Discos coloca no mercado três projetos (R$ 30 cada, em média) interessantes. Entre os lançamentos está Orquestra Sinfônica Nacional da UFF interpreta Compositores de Hoje. Com regência de Tobias Volkman, a orquestra promove recorte de nomes da música contemporânea do Rio de Janeiro, como Marisa Rezende, Pauxi Gentil-Nunes e Alexandre Schubert.

Outro disco que ganha vida é da dupla The Biedermeiers, que apresenta trabalho de estreia. O duo resgata instrumentos do século 19 e reúne a guitarra romântica, pouco tocada no Brasil, com o flageolet francês e csakan, instrumento de sopro quase que desconhecido no País. A dupla, formada pelas pianistas Miriam Grosman e Ingrid Barancoski, apresenta o CD Água-forte. O repertório conta com temas inéditas do compositor Ricardo Tacuchian para dois pianos e piano a quatro mãos




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados