Tapeçaria de Burle Marx é colocada no Salão Nobre do Paço

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

O Salão Nobre da Prefeitura de Santo André matou a saudade de sua protagonista ontem. É que depois de mais de seis horas de trabalho – que envolveu quase 20 pessoas – a tapeçaria de Roberto Burle Marx (1909–1994), importante patrimônio público e cultural, foi recolocada em seu chassi. A peça chegou à região na quarta-feira.

O processo encerrou empréstimo da obra de arte feita para o Museu Judaico de Nova York, que teve início em abril, quando foi retirada do espaço para seguir viagem para os Estados Unidos. Lá, ficou exposta de maio a setembro. Agora, segundo a arquiteta da Prefeitura, Érica Tortorelli, a peça passará por higienização e estará pronta para ser visitada. Ela disse ainda que entrou com a documentação junto ao Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) com o pedido de tombamento da obra.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados