Detentos do Rap faz show no Ibirapuera

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Vanessa Ratti

 Desde que o Detentos do Rap surgiu, há 20 anos, não se imaginava que o grupo venceria o preconceito e passasse a se apresentar fora das periferias. Mas este dia chegou. E como prova disto, os integrantes estarão hoje no Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral), em São Paulo, para apresentação a partir das 21h.

O projeto, que começou no Carandiru – antiga casa de detenção de São Paulo – entre ex-presidiários com intuito de gerar lucro para pagar advogados, hoje vislumbra as consequências da fama e do respeito musical. Por isso, sucessos de toda a trajetória serão interpretados no palco, além de músicas do terceiro e atual DVD, Eternamente.

Apesar da bagagem de tantos anos, Maurício DTS revela que eles ainda enfrentam preconceito. “A gente sente isso muito por causa do nome, assusta. Mas quem conhece o trabalho percebe que é sério”, conta. Ele e os atuais integrantes – Daniel Sancy e DJ Colina – não pensam em mudar o nome. “Temos uma história”, completa.

No fim do ano, o conjunto lançará o disco Marchando Contra o Tempo e a Política no Brasil, tema diferente do primeiro trabalho, intitulado Apologia ao Crime – que na época vendeu 30 mil cópias já no lançamento. “Temos presenciado tudo o que tem acontecido com a política no Brasil e vamos falar disso.” O sentimento do grupo é de que o rap está galgando cada vez mais espaço. “Isso já acontece há algum tempo, mas hoje vamos nos apresentar em endereço nobre e é importante conquistar esses lugares”, diz.

>Detentos do Rap – Show. No Auditório Ibirapuera – Avenida Pedro Álvares Cabral, São Paulo. Hoje, às 21h. Ingressos.: R$ 10 e R$ 20.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados