Escolhidos os vencedores de prêmio literário

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Marcela Munhoz

Escrever um livro já é uma dádiva. Poucos têm a capacidade e inspiração para colocar no papel o que sentem. Ganhar reconhecimento por isso é ainda mais especial. É este o sentimento de hoje de Beatriz Bracher, Marcelo Maluf e Rafael Gallo. O trio venceu o Prêmio São Paulo de Literatura 2016, realizado pelo governo do Estado de São Paulo, nas categorias romance do ano, autor estreante - mais de 40 anos e autor estreante – até 40 anos, respectivamente. Beatriz levou para casa R$ 200 mil e o convite para participar da Feira Internacional do Livro de Guadalajara. Já a dupla embolsou R$ 100 mil cada.

Criada para valorizar romances, a edição deste ano contou com 175 inscritos. “Tem muito livro bom sendo escrito. São obras que contribuem, que propõem debates. Os prêmios estimulam toda essa produção e colocam os trabalhos à prova, além da quantia em dinheiro. É valioso demais”, explica Estevão Azevedo, júri e vencedor de 2015 como melhor livro do ano. Rafael Gallo – autor de Rebentar, sobre mãe de um garoto desaparecido – sabe bem a importância de acreditar em premiações como esta, principalmente para estreantes. “É difícil disputar com autores mais renomados, até por conta do respaldo que eles têm. Abre realmente espaço para novas obras. Estou muito feliz”, conta.

INDICADA
Não foi desta vez que a diademense Sheyla Smanioto ganhou o Prêmio São Paulo de Literatura, mas seu livro chegou quase lá. Ela foi uma das finalistas com o título Desesterro, que venceu a edição 2015 da competição do Sesc. A obra é sobre garota e avó que vivem realidade difícil. “Quando se fala de tentar a vida das grandes metrópoles se fala em dinheiro, mas não é isso. As pessoas vêm também em busca de sonhos”, explica. Sheyla está viajando para divulgar o livro e está com outro romance na manga, que recebeu o nome provisório de O Mal Entendido.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados