Festival de Curtas da TNT tem vencedor de São Bernardo

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

 A fim de incentivar o surgimento de talentos, a TNT promoveu a primeira edição do seu Festival de Curtas, que teve os seis vencedores anunciados ontem. Entre eles, está o projeto Luca e a Identidade Secreta do seu Pai, dirigido pelo são-bernardense Rodrigo Zanchini de Meneses, com roteiro de Vinícius Neves Mariano.

A história, que é um drama infantil, fala sobre Luca, um garotinho de 9 anos que desconfia que seu pai seja um super-herói. Para se convencer disso e provar sua teoria para um amigo, ele cria alguns testes para provar seus superpoderes. Só que ele se depara com a realidade de um dia conturbado em sua casa e vê que os pais também são humanos. “No começo achamos que ia ser uma disputa muito difícil, porque, à primeira vista, o nosso tem um tema infantil, mas o pano de fundo é bem adulto e isso casa bem com o público da TNT”, acredita Rodrigo. Segundo ele, normalmente só há espaço para curtas em festivais com público segmentado e transmiti-lo na televisão irá atingir mais pessoas.

A ideia, segundo o vice-presidente dos canais de entretenimento da Turner Brasil, Rogério Gallo, é investir no futuro. “Queremos um dia, lá na frente, ver um grande cineasta promovendo seu filme e lembrar que ele foi lançado no Festival de Curtas da TNT”, diz. Os projetos – que custarão cerca de R$ 150 mil cada – estavam entre as 1.400 inscrições e foram escolhidos, no fim do processo seletivo, pela cineasta Marina Person, o crítico de cinema Rubens Ewald Filho, o distribuidor Bruno Wainer e o produtor Fabiano Gullane.

Agora, eles receberão ajuda de empresas especializadas como Casa Redonda e coprodução da Movie&Arte, que fizeram parceria com a TNT, começarão a gravar em outubro e devem passar a fazer parte da grade do canal, no horário nobre, a partir de dezembro. Cada um deles deve ter, no máximo, 15 minutos.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados