'Virei Um Gato’ ajuda a repensar estilo de vida

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Tauana Marin

Tom Brand, interpretado pelo ator Kevin Spacey, é um empresário de sucesso no ramo da construção civil que está focado na inauguração de seu novo empreendimento: a torre mais alta da América do Norte. Com isso, a família sofre com sua ausência. Dos dois filhos que tem, a menina (Malina Weissman, da série Supergirl) é quem sente mais.

O ápice do filme Virei Um Gato, da Diamond Films, que acaba de estrear, é o dia em que Brand está a caminho da festa de aniversário da sua filha. Ela pediu de presente um gato e depois de muita resistência ele acaba cedendo. Após comprar o animal, ele sofre um grave acidente, que o deixa em coma. O que ninguém sabe é que, como um milagre, Brand passa a ver a vida sob uma nova e inesperada perspectiva: dentro do corpo do felino, por quem nunca teve muita afeição.

O único que percebe isso é o dono da loja onde ele comprou o gato, vivido pelo ator Christopher Walken. Ele é conhecido por ser encantador de animais. O conselho é que o empresário aprenda a conviver com sua mulher e seus filhos, no dia a dia. No elenco da comédia estão nomes como Jennifer Garner, que faz o papel da mãe, e Robbie Amell (das séries The Flash, Arquivo X e Modern Family), filho do empresário, que, vendo o pai desacordado, enfim, tem autonomia sobre a empresa.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados